facepixel

Tipos de taças de vinho

Tipos de TAÇAS de Vinho

Eu tenho certeza que você se já se deparou com alguns tipos de taças e não sabia para o que elas serviam. A verdade é que existe uma taça para tipos certos de vinhos. Ainda que não possamos ter todas as taças, algumas são bem importantes para você ter aí na sua casa.

Pense assim: Existem vários instrumentos musicais e cada um deles, tem a sua caixa de ressonância. Afinal, o som de um violino é bem diferente de um violão, não é mesmo? Se os instrumentos estiverem na afinação errada, a sinfonia pode se perder. E é exatamente a mesma coisa com as taças.

As taças de vinhos têm diferentes aberturas, o que chamamos de câmaras olfativas. Quanto maior a câmara olfativa, mais móleculas aromáticas ficam suspensas no interior da taça e você precisa disso para uma experiência completa com o seu vinho. Pense na taça como o instrumento certo para que o seu vinho se expresse!

Separamos para você quatro tipos de taça: Borgonha, Bordeaux, ISO e Flute. Quer saber como utilizar todas elas? Agora mesmo eu te explico!

Borgonha: Esta taça possui uma abertura maior, que lembra um balão e permite mais contato do ar com o vinho, utilizada para apreciar melhor os aromas. Ela também ajuda no contato da bebida com o centro da língua, favorecendo que encontre logo as papilas gustativas, suavizando a acidez. E você já sabe a importância das papilas no momento de provar, não é mesmo?

Bordeaux: São taças feitas para vinhos mais encorpados e com mais taninos (lembra deles?) portanto tem uma abertura um pouco menor que a da Borgonha, justamente para direcionar a bebida para a ponta da língua.

ISO: Esta taça foi desenvolvida por um enólogo e químico francês para degustações técnicas e pode ser utilizada para qualquer tipo de vinho.

Flute: Esta taça é muito bonita, mas é uma pegadinha! Ela é feita para tomar espumantes, mas com um recipiente tão pequeno, fica difícil notar os aromas e sabores da nossa bebida borbulhante. Portanto, use a Flute para tirar uma foto, mas aprecie o seu espumante em uma Borgonha ou ISO.

Por fim, fica a dica: Taças com aberturas mais gordinhas, significam mais aroma, pois contam com uma câmara olfativa maior, são adequadas para vinhos mais complexos. O oposto acontece para as magrinhas.

É importante lembrar de sempre utilizar taças de cristal, pois o cristal é mais poroso e volatiza melhor os vinhos!

Gostou do conteúdo? Então clica em se inscrever e deixe o seu joinha!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.