facepixel

Cabernet Sauvignon – A rainha das uvas tintas

CABERNET SAUVIGNON - A Rainha das Uvas Tintas

Se você é amante de vinhos, com toda a certeza já ouviu falar da estrela desse artigo, a rainha das uvas tintas, CABERNET SAUVIGNON. E ela não tem esse título à toa, pois trata-se da uva mais conhecida, plantada e disseminada ao redor do mundo.

Hoje vamos falar sobre um clássico: CABERNET SAUVIGNON. Se você ama vinhos, leia este artigo até o fim, pois iremos falar sobre:

– Os estilos de vinhos

– Sobre a origem desta variedade da fruta, e claro, não poderia faltar

– Harmonização.

A origem da uva CABERNET SAUVIGNON

Originária da região de Bordeaux, no sudoeste da França, ela é a uva vinífera mais difundida no mundo, são mais de 300 mil hectares plantados.

Possuí uma grande adaptabilidade a diversos climas e terrenos. Costuma-se dizer que, todo lugar não muito frio a recebe bem, gerando ótimos vinhos nos mais diversos terroirs.

Além disso, essa espécie é muito resistente a pragas, o que só reforça a possibilidade de plantio em diferentes regiões vinícolas do globo.

“A rainha das uvas tintas”, possuí cachos pequenos e bem compactos, suas uvas têm uma cor muito forte, sendo quase azulada. E aqui vai uma curiosidade: ela é resultado do cruzamento entre as uvas CABERNET FRANC e SAUVIGNON BLANC.

 

A uva CABERNET SAUVIGNON, também pode ser conhecida por outros nomes como:

– Petit Bouchet

– Sauvignon Rouge

– Bordeaux

– Bouchet

– Carbonet

– Lafit

– Carmenet

– Burdeos tinto

– Cabernet petit

– Bordo

– Petit Cabernet

– Entre outros.

 

A capacidade de adaptação deste tipo de uva, possibilita não só o plantio, mas também garante a qualidade do fruto e consequentemente, do vinho. Por exemplo, os vinhos de CABERNET SAUVIGNON, produzidos no Chile e nos Estados Unidos são famosos internacionalmente.

Já em sua região de origem Bordeaux, um blend de CABERNET SAUVIGNON, CABERNET FRANC e MERLOT é utilizado para fabricar o típico corte bordelês.

 

Box: Saiba mais

Blend, Corte ou Assemblage, é como se denomina a mistura de vinhos ou uvas diferentes, para assim, melhorar suas características visuais, olfativas ou gustativas.

Tipos de vinhos de CABERNET SAUVIGNON

Como contei para vocês no início do artigo, a cor forte da uva impacta diretamente no vinho. Por conta de toda essa intensidade da cor, os vinhos de CABERNET SAUVIGNON

tendem a ter taninos ásperos e duros. Por isso é tão comum, a bebida ser envelhecida em barricas de madeira, carvalho entre outros, objetivando aliviar um pouco, essa adstringência que pode dominar o vinho.

Outra peculiaridade do vinho de CABERNET SAUVIGNON é a diferença que conseguimos notar em seu aroma dependendo da temperatura do ambiente no qual a uva foi plantada. Por exemplo, em regiões quentes, o aroma tende a ser de fruta doce, quase que uma compota.

Já em regiões frias o cheiro é mais de frutas vermelhas, com um toque herbáceo.

 

Os vinhos de CABERNET SAUVIGNON possuem uma molécula aromática chamada Pirazina. Esta enzima também é encontrada no pimentão verde. Por isso, às vezes, ao degustar um vinho, você pode sentir o aroma do legume.

O fato de ter este aroma, não quer dizer, que o vinho seja ruim e sim, que esta é uma característica do tipo de vinho.

Mas atenção, se ele for muito marcante, o que demonstra que a uva foi colhida muito verde, ou até mesmo uma falha no processo fabril, talvez o vinho não fique tão agradável.

Quais comidas harmonizam com um vinho de CABERNET SAUVIGNON?

Claro que não podia falta, não é mesmo? A Harmonização do vinho de CABERNET SAUVIGNON.

Como vimos, este tipo de vinho tem como características a presença forte de taninos, bastante adstringência e até um teor alcoólico mais elevado. Combinação perfeita para comidas proteicas e gordurosas. 

Como este tipo de vinho costuma ser envelhecido em barricas de madeira, este vinho pode ter um aroma de tostado, o que faz com que seja uma combinação perfeita com um maravilhoso churrasco!

Agora, se você não é do tipo de carne, invista em verduras. Como por exemplo uma parrillada com aspargos ou verduras na brasa. E tenha um bom proveito!

 

Quer aprender mais sobre o mundo dos vinhos? Dê o play no vídeo e aproveite!

E não se esqueça de deixar o seu joinha! =)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.